Treinar em Casa vs Ginásio

Como se costuma dizer, “os corpos de Verão constroem-se no Inverno”. Nesta altura, começamos a pensar nos quilinhos a mais que ganhámos, ou até no corpo que desejamos ter para o próximo verão.



De qualquer maneira, o bem-estar do nosso físico é uma constante preocupação. E, para alcançarmos a melhor versão de nós mesmos, devemos começar a pensar em mudanças nos nossos hábitos. E não falamos apenas em alimentação e dietas, mas sim num estilo de vida mais activo. Sem exercício físico, não existem milagres.

E é neste rumo que hoje trazemos um tópico que pode ajudá-lo a decidir qual a melhor solução para si. Trazemos as melhores características de treinar em casa, contrastando com treinar no ginásio. Ambas as hipóteses têm as suas vantagens e desvantagens.

Cabe a cada um de nós fazer uma introspecção e medir os prós e os contras de cada decisão. Sendo que tem de partir da própria pessoa a decisão de iniciar um estilo de vida mais activo ( seja com treinos em casa ou no ginásio).

Começando por treinar em casa. A nossa casa é sempre um ambiente mais descontraído, sem regras nem horários. Habitualmente, é o local onde passamos mais tempo, daí a hipótese de treinar em casa parecer apelativo para muitos. Por isso mesmo, trazemos alguns tópicos que ajudam a caracterizar o treino em casa. Ou seja, treinar em casa equivale a:

  • Mais privacidade;
  • Menor cuidado com a roupa;
  • Maior controlo de tempo;
  • Menos inibições;
  • Poupa-se dinheiro;
  • Não precisa de partilhar equipamento;
  • Menor acompanhamento por parte de profissionais;
  • Pode ser um pouco solitário, pois irá treinar sozinho.

Todavia, também existe uma outra possibilidade: treinar no ginásio. Ao treinar no ginásio, tal como treinar em casa, existem pontos característicos que podem ser benéficos, ou não, para si.

Um ginásio pode ser um lugar social, onde se convive com outras pessoas com o mesmo foco e dedicação. É um local onde se acaba por estabelecer relações, onde se pode inspirar e incentivar, podendo também incentivar outros a treinar mais, e serem melhores. Por isso mesmo, treinar no ginásio equivale a:

  • Maior acompanhamento por parte de profissionais;
  • Maior variedade de equipamentos;
  • Maior foco;
  • Espírito de Equipa;
  • Custos associados;
  • Restrição de Horários;
  • Maior cuidado com a apresentação;
  • Divisão do espaço e equipamentos.

Tanto treinar em casa como treinar no ginásio são opções válidas. Cada um deve fazer a escolha que será melhor para si, tendo em conta factores monetários, sociais e de motivação pessoal.

Todos temos motivações e inspirações. Um corpo que se deseja modificar, quilos que se quer perder, flacidez que se tenta evitar, tonificação que se deseja obter, são tudo ambições e metas a alcançar. E até pode pensar que não tem uma motivação, no entanto pode estar a criar desculpas e a adiar o processo de mudança.

Existem várias desculpas para não se treinar, várias barreiras que se colocam apenas para evitar começar a treinar. Por vezes, criamos dificuldades onde não existem. Quer seja para (re)começar a treinar no ginásio ou em casa, é preciso encontrar a motivação certa.

A mente comanda, o corpo obedece. É necessário estabelecer objectivos, sejam eles pequenos ou grandes. Não existem motivações certas nem erradas, existem pessoas determinadas e que sabem o que querem.

Foque-se em si mesmo e perceba se a melhor opção é começar a treinar em casa, ou se precisa de um estímulo exterior, como no ginásio.  Não encare o exercício físico como uma obrigação, mas sim como uma opção mais saudável para o seu corpo. Experimente ambas as opções, se assim o desejar ( e puder) e faça o que o fizer sentir melhor.

Desafie-se a si mesmo!

Partilhar:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter
Share on email

Mais sobre:

Vadiando Na Net