Tinder vs Vida Real

Vivemos em pleno século XXI. A época onde a tecnologia ultrapassa o contacto físico. Onde as aplicações de encontros são o mote para iniciar relações. Hoje, falamos sobre as diferenças entre Tinder e a Vida Real.

Quando se pensa em conhecer alguém, já não se recorre a métodos antigos e tradicionais. Pede-se as redes sociais, o telefone e, quando o orgulho não atrapalha, envia-se mensagem logo com o intuito do que se pretende implícito.

Mais ainda, as aplicações de encontros banalizaram um pouco a forma como as pessoas se comportam perante a noção de relação e compromisso.

Não falamos de maneira negativa, simplesmente vivemos numa era fácil, onde podemos cometer erros sem ser altamente julgados.

Trazemos então aqui as características mais associadas a aplicações de dating, como por exemplo o Tinder:

  • Julgar alguém pela aparência é fácil;
  • Se não gosta, só tem de carregar num botão, e vice-versa;
  • Pode automaticamente ver fotografias da pessoa;
  • Tem acesso a redes sociais;
  • Relações sexuais à distância de um match;
  • Perde mais tempo na aplicação do que em encontros reais.

Vida Real:

  • Não é assim tão fácil coordenar horários para se encontrarem;
  • Consegue ter uma maior percepção da outra pessoa;
  • Pode ter(ou não) acesso a redes sociais;
  • Consegue manter uma relação com a pessoa, seja passageira ou duradoura;
  • Descartar pessoas não é fácil;
  • O encontro na vida real pode gerar relações sexuais, mas talvez não imediatas;

A verdade é que ambas as opções são válidas e têm pontos positivos e negativos. Cada um de nós está em fases diferentes da vida. Por vezes, utilizamos estas aplicações com intuitos diferentes do que se pensa habitualmente. Outras vezes, usamos apenas para uma questão de satisfação pessoal.

E, porque é fácil e aumenta a auto-estima, acabamos por ficar viciados. Mas, no final do dia, cabe-nos distinguir o que queremos realmente, e o que queremos ver reflectido em aplicações de dating.

Todavia, as relações por si já são complicadas. O que interessa é que, de uma maneira segura e consensual, seja algo benéfico e prazeroso para ambas as partes.

Porque, na verdade, cada situação é única. A escolha é sempre nossa.

A verdade é que todos precisamos de estímulos e gostamos de nos sentir únicos. Daí cada pessoa ser diferente e ter os seus próprios gostos e motivações. Devemos adequar estes tópicos gerais a cada um, tendo sempre em atenção que cada um de nós tem em si inerente uma série de acontecimentos passados e reacções diferentes a cada situação.

Se se interessa por esta temática, espreite o nosso artigo sobre a Vagina Perfeita e Abstinência Sexual.

Divirta-se e explore o melhor de si!

! Importante !
Para mais curiosidades e dicas, porque não segue o nosso Instagram? Também estamos no Facebook, com variadas receitas, dicas de saúde. Temos ainda um grupo no Facebook, Tudo Sobre Sabores, onde partilhamos as melhores e mais deliciosas receitas, e pode também partilhar as suas!

Partilhar:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter
Share on email