Descansar é essencial

Se tem mantido o seu plano de treino até à data, parabéns, mas sejamos honestos tem mantido a regularidade dos seus exercícios, pesos, repetições e alimentação? A sério? Óptimo! E no que toca a descansar? Pois.

Por vezes, somos capazes de nos induzir em erro, desde de nos convencer que não faz mal em reduzir os exercício das pernas, até dizermos  que já fizemos alongamentos suficientes, mas o que por vezes não temos em consideração é a necessidade de deixar o corpo descansar. A recuperação é um período de tempo que pode ser dividido em três fases: descansos de 30 a 90 segundos entre séries, 2 a 4 horas após os exercícios, 48 a 72 horas após os exercícios.  Um dos mais importantes será o último.

Quando treinamos sentimos um aumento na resistência , ou no aumento de peso que aguentamos, e assim apercebemos-nos que o corpo está a crescer e a adaptar-se aos novos esforços, entrando assim em fase de crescimento.

A recuperação do corpo demora algum tempo e, se continuar a esforçar um músculo enquanto ele está em recuperação, estará apenas desgastá-lo em vez de desenvolvê-lo.

Existem vários factores que influenciam o tempo de recuperação, inicialmente deverá ter em consideração que tipo de exercícios, quanto tempo e com que intensidade esteve a treinar, esses serão os pontos essenciais para calcular quanto tempo terá até entrar em fase de repouso e quanto tempo terá que descansar.

Caso se tenha superado no número de repetições, séries ou peso, deverá considerar deitar-se mais cedo para conseguir dormir entre 7 a 9 horas, ou evitar fazer tarefas extras que o possam obrigar a fazer esforços. Claro que este tipo de abordagem será para pessoas que treinam regularmente, a idade, genética e grupo muscular podem fazer uma grande variação nas necessidades de recuperação. Jovens de 18 anos podem levar entre 2 a 3 dias a recuperar do mesmo treino que um homem de 38 pode demorar até uma semana!

Esteja atento à reacção do seu corpo após cada sessão e evite esforçar grupos musculares que sente que ainda não recuperaram totalmente, mantenha uma alimentação regulada e aproveite para treinar outras partes com outro tipo de exercícios mais fáceis para não perder o ritmo.

Se não souber qual a melhor opção para recuperar das suas sessões mais intensas, sugerimos as nossa panquecas de aveia, simples, rápidas e super saborosas!

Partilhe este artigo:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter
Share on email