Como ultrapassar o fim de uma relação

Fim de relação

A temática de hoje remete para a nossa vida íntima. Falamos sobre o fim de uma relação, e de todas as situações que podem ocorrer quando isto acontece. São fases difíceis, mas não deixam de ser importantes e são essenciais para o nosso crescimento pessoal. Cada relação é uma aprendizagem, e devemos encará-las desta forma.

Quando terminamos uma relação, existem sempre várias fases. A fase da negação, do arrependimento, da saudade, da mágoa e irritabilidade e, finalmente, da aceitação.

Todavia, não deixa de ser um período difícil. Por isso mesmo, deixamos aqui algumas dicas:

  • Não se isole;
  • Saia da zona de conforto;
  • Conheça novas pessoas;
  • Divirta-se com familiares e amigos;
  • Não mantenha contacto com o/a parceiro antigo;
  • Faça novas actividades e descubra novos hobbies.

Cada situação é diferente, e estas dicas podem não ser aplicadas em todos os casos. Cabe a cada um de nós lidar com o término da melhor maneira que conseguir. O que importa é que consiga aceitar a situação e perceba que, com cada erro conseguimos aprender algo novo.

Muitas vezes, esquecemo-nos de que somos uma pessoa, e não apenas o/a parceiro/a da outra pessoa. A nossa individualidade é bastante importante, e é isso que nos transmite uma sensação de originalidade.

Somos seres humanos, temos sentimentos, emoções e reacções diferentes em qualquer tipo de situação. E as relações amorosas dão trabalho, envolve esforço das duas partes e, também, uma certa dose de paciência e flexibilidade.

Todavia, o que importa é que consigamos aprender algo novo, encarar todos os desafios da vida como isso mesmo. Um desafio, que irá dar frutos no futuro. Mesmo que seja em resultado de ensinamentos.

Cuide de si!
Veja também:

Partilhe este artigo:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter
Share on email