9 Super poderes dos Pepinos

Já há algum tempo que andamos a tentar analisar alguns super alimentos e as incríveis capacidades que cada um consegue conter, por isso hoje decidimos analisar um super alimento que tem passado despercebido por muitos de nós, o pepino. Os pepinos são compostos por 95% de água, tornando-os um alimento ideal para hidratação e resfriamento, também contêm um flavonol anti-inflamatório chamado fisetina, que desempenha um papel importante na saúde do cérebro. Pepinos são baixos em calorias e ricos em fibras, o que os torna úteis tanto para a perda de peso como para a saúde digestiva.

•1 Proteje o seu cérebro

Pepinos contêm um flavonol anti-inflamatório chamado fisetina que desempenha um papel importante na saúde do cérebro. Além de melhorar a memória e proteger as células nervosas do declínio relacionado com a idade, a fisetina, previne contra perda de memória progressiva e  dificuldades de aprendizagem em ratos de laboratório com Alzheimer.

•2 Reduz o risco de cancro

Os pepinos contêm polifenóis chamados lignanas (pinoresinol, lariciresinol e secoisolariciresinol), que podem ajudar a reduzir o risco de cancro da mama, do útero, dos ovários e da próstata. Também contêm fitonutrientes chamados cucurbitacinas, que também têm propriedades anti-cancerígenas.

•3 Combate a inflamação

Pepinos podem ajudar a “arrefecer” as reacções inflamatórias do corpo, e estudos em animais sugerem que o extracto de pepino ajuda a reduzir a inflamação indesejada, em parte pela inibição da actividade de enzimas pró-inflamatórias.

•4 Propriedades antioxidantes

Pepinos contêm um número incrível de antioxidantes, incluindo a conhecida vitamina C e beta-caroteno. Também contêm flavonóides antioxidantes, como quercetina, apigenina, luteolina e kaempferol, que fornecem benefícios adicionais. Por exemplo, a quercetina é um antioxidante que muitos acreditam capaz de impedir a libertação de histamina – tornando os alimentos ricos em quercetina “anti-histamínicos naturais”. Já o kaempferol, pode ajudar a combater o cancro e a diminuir o risco de doenças crónicas, incluindo doenças cardíacas.

•5 Refresca o hálito

Colocar uma fatia de pepino no céu da boca pode ajudar a livrar a boca de bactérias que causam mau odor. De acordo com estudos recentes, comer pepinos também pode ajudar a liberar o excesso de calor do estômago, o que é dito ser a principal causa do mau hálito.

•6 Controlar o stress

Pepinos contêm múltiplas vitaminas B, incluindo vitamina B1, vitamina B5 e vitamina B7 (biotina). Vitaminas B são conhecidas por ajudar a aliviar sentimentos de ansiedade e amortecer alguns dos efeitos nocivos do stress.

•7 Apoia a saúde digestiva

Pepinos são ricos em dois dos elementos mais básicos necessários para uma digestão saudável: água e fibras. Adicionar pepinos aos batido ou saladas pode ajudar a atingir o nível ideal de fibra que o corpo precisa – 50 gramas por cada 1.000 calorias consumidas. Se sofrer de refluxo ácido, deve saber que a água potável pode ajudar a suprimir os sintomas agudos de refluxo ácido, aumentando temporariamente o pH do estômago; É possível que pepinos ricos em água tenham um efeito semelhante. Peles de pepino contêm fibra insolúvel, o que ajuda a adicionar em massa às suas fezes. Isso ajuda os alimentos a moverem-se mais rapidamente pelo trato digestivo para uma eliminação saudável.

•8 Manter um peso saudável

Pepinos são muito baixos em calorias, mas eles fazem um lanche de enchimento (uma chávena de pepino fatiado contém apenas 16 calorias). A fibra solúvel em pepinos dissolve-se numa textura gelatinosa no seu intestino, ajudando para retardar sua digestão. Isso ajuda-o a sentir-se mais cheio e é uma das razões pelas quais os alimentos ricos em fibras podem ajudar no controlo de peso.

•9 Apoiar a saúde do coração

Pepinos contêm potássio, que está associado a níveis mais baixos de pressão arterial. Um equilíbrio adequado de potássio dentro e fora das células é crucial para o funcionamento adequado do corpo. Como um electrólito, o potássio é um íon positivo, carregado, que deve manter uma certa concentração (cerca de 30 vezes maior dentro do que fora de suas células), a fim de realizar as suas funções, que incluem a interacção com o sódio para ajudar a controlar a transmissão do impulso nervoso, a contracção muscular e a função cardíaca.

Agora que já sabe as super qualidades do pepino, comece já a arranjar espaço para ele nas suas refeições!

Bom Apetite!

Partilhar:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter
Share on email