5 Formas de Manter o Equilíbrio Mental & Emocional

Existem vários tipos de doenças e desequilíbrios que nunca se irão conseguir notar a olho nu. Sim, estamos a falar de desequilíbrios e doenças mentais, um problema tão real e concreto como uma fractura ou um tumor, por isso, temos que os encarar como tal e tratá-los da melhor maneira possível, mas se podermos prevenir-nos deles, ainda melhor, com estas formas de manter o equilíbrio mental e emocional.



Por vezes, estas doenças atacam do nada devido a uma disfunção hormonal ou química do nosso cérebro que não é capaz de produzir ou reduzir a produção de certos químicos no nosso organismo, levando-nos a sentir deprimidos mesmo que esteja tudo bem.
Hoje vamos aconselhar algumas actividades que podem contribuir para o melhor funcionamento mental e emocional, atitudes simples que podem ser feitas diariamente de forma a aliviar as dores diárias.

•1 Auto-Cuidado

O auto-cuidado é uma parte essencial do bem-estar mental e emocional. Expressar as suas emoções construtivamente faz com que consiga lidar com o stress e conflitos de uma forma mais fácil. Reserve tempo para si mesmo; atenda às suas próprias necessidades emocionais, leia um livro, cuide de si, ou simplesmente relaxe, e relaxe sem precisar se preocupar excessivamente com as suas tarefas diárias. Deixe de parte todas as tecnologias e preste atenção ao que está acontecendo ao seu redor, a vida não pára de correr mesmo quando estamos colados a um ecrã. Mente sã significa estar no presente sem pensar no passado ou futuro; escolher o que responde, ao invés de se deixar levar por tudo o que aparece em na sua mente; focar-se numa coisa de cada vez, não julgar e cultivar uma atitude de impermanência em relação às coisas e situações. Isso ajuda-o a manter-se aberto a experiências e ajuda a não ser excessivamente afectado por elas.

•2 Saber Gerir o Stress

Todos nós temos algumas pessoas ou eventos que causam stress. Identifique para que esse tipo de stress é accionado por você e tente reinterpretar e reavaliar essas situações. Você pode tentar ficar longe de tais situações às vezes, mas isso nem sempre funciona ou é viável. Às vezes, o stress pode ser causado devido à falta de estratégias para lidar com determinadas situações ou eventos da vida. É por isso que é essencial aprender as habilidades necessárias para lidar com o stress. “Se você sabe que se stress com um exame, precisa aprender a colocar os exames em perspectiva e não deixá-los se tornarem eventos que definem a vida para você, porque seus exames são algo que você terá que enfrentar. Em alguns casos, evitar situações geradoras de stress pode funcionar, mas você deve ser capaz de diferenciar entre quando pode evitá-las e quando não pode. Portanto, encontre sua estratégia para gerir seu stress, para que possa cuidar melhor de si mesmo. Isso pode incluir conversar com um amigo, acreditar em si mesmo, reavaliar e reinterpretar sua situação, meditar, ir passear, ouvir música e fazer exercícios, só para citar alguns.

•3 Expresse-se

Muitas vezes, evitamos expressar emoções ou sentimentos que pensamos serem “negativos”. Ser capaz de expressar o que estamos sentindo, ou do que gostamos ou do que não gostamos, pode nos ajudar a desorganizar nossas mentes. Suprimir as emoções é uma estratégia de enfrentamento para muitos de nós, mas pode ser prejudicial. Pesquisas sugerem que a supressão de emoções pode realmente tornar as emoções mais fortes. Isso pode causar um estresse maior. A emoção pode então ser deslocada para algo trivial ou não relacionado. Acredita-se que a supressão de emoções também leve a depressão ou transtornos de ansiedade. Até mesmo raiva e tristeza são emoções dignas de expressão. A única coisa que precisamos saber é como expressá-lo de uma maneira que não crie estragos em nós, nossos relacionamentos e nosso meio ambiente. “Nenhuma emoção, por si só, é boa ou ruim. Toda emoção é importante e essencial. O que o torna saudável ou insalubre é a intensidade da experiência, e como ela foi expressa (muito ou muito menos), a adequação da expressão e a frequência da ocorrência da emoção.

•4 Peça ajuda quando se sentir sobrecarregado

Não há ninguém na terra que tenha a vida perfeita que seja livre de estresse, ansiedade ou mau humor. Quando você se sentir triste, desafiado, frustrado, confuso, zangado ou simplesmente sobrecarregado e incapaz de lidar, fale com alguém em quem você confia – um cônjuge, amigo, pai, irmão ou parente. Se você acha que precisa de mais apoio, procure um médico ou um conselheiro. Quanto mais cedo você chegar, melhor. Lembre-se de que não há vergonha em pedir ajuda – é um sinal de grande força, não de fraqueza, como muitas vezes parece ser. Você não precisa enfrentar os desafios da vida sozinho. Pessoas resilientes usam os sistemas de suporte disponíveis para ajudá-los a cuidar de si mesmos.

•5 Comece um Hobby

Participar em atividades que gosta ajuda a ficar envolvido e feliz. Mantém sua mente ocupada e também pode lhe dar uma saída para expressar suas emoções, particularmente aquelas que você pode achar difícil compartilhar com os outros. Os hobbies podem ajudá-lo a superar o stresse e aumentar sua autoestima.
Experimentar novas actividades ajuda a manter uma nova perspectiva e mantém-nos alerta enquanto aprendemos a sair da sua zona de conforto. O processo de aprendizagem ajuda a quebrar padrões de pensamento quando você se concentra na nova habilidade. Pegar uma nova habilidade desafia, aumenta os níveis de concentração e faz-nos sentir bem em aprender algo novo. Também aumenta a confiança em poder enfrentar novas situações, novos desafios e novas pessoas.


 


 

Partilhar:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter
Share on email

Mais sobre:

Vadiando Na Net